São Paulo 11 4810-1690

Demais regiões 0800 580 3170

Escolha a moeda desejada

Libra Esterlina Hoje

Cotação libra esterlina turismo em São Paulo - SP

Estado

Cidade

TX Libra Comercial Hoje

Quantidade Desejada US$

R$ Libra Turismo Hoje


Alerta Cambiar
Alerta salvo com sucesso
Alerta Câmbiar

Cidade:

Taxa Atual: 4,6383

Taxa Desejada:

Nome:

E-mail:

Telefone:

A Libra Hoje

O valor da libra hoje é R$ 4,4132, mas este é o valor da libra comercial. O valor da libra turismo, aquele que compramos para viajar, varia de acordo com a cidade. Por exemplo, consultando as casas de câmbio em São Paulo, hoje a libra turismo pode ser comprado por R$ 4,6383, mas também pode chegar a mais de R$ 13,2396.

Baixe o Aplicativo do Cambiar

Maior controle do valor do libra esterlina e muito mais comodidade na palma da sua mão.

Onde a Libra Turismo está mais barato hoje?

1 º Barueri - SP R$ 4,6339

2 º Diadema - SP R$ 4,6339

3 º Guarulhos - SP R$ 4,6339

4 º Osasco - SP R$ 4,6339

5 º Santo André - SP R$ 4,6339

6 º São Bernardo do Campo - SP R$ 4,6339

Libra Hoje

A libra esterlina, também chamada popularmente em português de LIBRA, ou em inglês de POUNDS, é a moeda corrente dos países integrantes do reino unido e de alguns dos países e territórios integrantes da Grã Bretanha, desde 15 de fevereiro de 1971.

O símbolo oficial da moeda é £, e seu código de classificação monetária é o GBP, sigla em inglês de “Great British Pound”, em português significa Libra Inglesa. A Libra Hoje é a moeda doméstica corrente EUROPERIA mais valorizadas no mundo em relação ao dólar americano,  na Europa, ocupa o primeiro lugar, enquanto o Euro ocupa a segunda posição, e o Franco Suiço a terceira posição. A Libra Esterlina hoje perde em comparação para moedas de países do oriente médio que possuem a economia petrolizada, tais como: KWAIT – Dinar do Kwait,(KWD) Bahrein – Dinar do Bahrein (BHD) e Omã – Dinar de Omã (OMR).

A emissão da Libra Hoje é controlada em paralelo pelo banco da Inglaterra e pelo banco da Escócia, tendo o Royal Mint (semelhante a casa da moeda no Brasil) como fabricante, que é controlado pelo HM Treasury, este um departamento governamental britânico responsável pela execução das finanças públicas do governo e política econômica, sendo o Banco da Inglaterra responsável pela política monetária, as cédulas emitidas são: £5, £10, £20 e £50, sendo a cédula de £1 e £100, somente na Escócia e Irlanda do Norte. As moedas emitidas são: 1p, 2p, 5p, 10p 20p, 50p, £1, £2 e £5.

Os países que possuem a Libra Esterlina Hoje em circulação são:
• Grã Bretanha: Inglaterra, Escócia e País de Gales
• Reino Unido: Inglaterra, País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte Dependências da Coroa Britânica (Grã Bretanha):
• Dependências da Coroa Britânica: Ilhas do Canal, Jersey e Guersney, Ilhas de Man)

Libra Esterlina (libra comercial) x Libra Turismo

A libra esterlina utilizada no câmbio comercial tem a finalidade de atender compromissos de pessoas jurídicas e físicas que no caso do Brasil possuem compromissos a honrar no exterior, ou ainda, investimentos a fazer no estrangeiro, a cotação da posição comercial possui um spread cambial mais próximo do chamado câmbio SPOT, ou seja, câmbio no mercado a vista, também chamado de câmbio pronto, este spread é aplicado pelas instituições financeiras autorizadas a operar no mercado cambal brasileiro, e é variável de acordo com a escassez ou excesso desta moeda detida pela instituição financeira escolhida para realizar o fechamento do câmbio, ou ainda, a excasses ou excedência da divisa no mercado interbancário, mercado este onde a instituição financeira bancária negociará a compra da posição (moeda) para revender ao cliente final que contratará o câmbio.

A Libra Esterlina Turismo, obviamente possui um spread cambial mais acentuado que o SPREAD utilizado junto a Libra Esterlina (Câmbio Comercial), afinal, os valores são comprados individualmente em pequena escala por pessoas jurídica se pessoas físicas, no mercado de câmbio turismo, que é tido como mercado de varejo. Também possui um spread cambial um pouco mais acentuado em relação a divisas como Dòlar Americano e Euro, devido ao menor fluxo de venda da mesma e custos de logística para importação, estocagem e desova da moeda para o cliente final.