Planejamento financeiro garante vantagens no câmbio do dólar turismo

Câmbio de Moedas Dólar Câmbio Turismo Turismo Viagens e Turismo

Diferentes atitudes na hora de comprar dólar podem tornar sua viagem internacional mais barata e agradável.

A alta da moeda norte-americana vem tirando o sono de quem tem passagem marcada para o exterior. Os reflexos no turismo são visíveis: de acordo com o Banco Central, em setembro de 2014, a soma das despesas dos brasileiros em viagens internacionais foi de US$2,38 bilhões, e, no mesmo período do ano seguinte, houve uma queda expressiva de 47%.

Apesar da diminuição do poder de compra do brasileiro em destinos internacionais, existem alguns cuidados que podem, e devem, ser tomados no planejamento financeiro da viagem para que ela continue sendo viável, apesar de adaptada.

Confira abaixo dicas do que fazer para economizar nos gastos da sua viagem para o exterior:

  • Prefira dinheiro em espécie ao invés de cartões
  • Os cartões até podem oferecer vantagens, mas no final das contas, elas têm seus custos, e o valor pode acabar saindo alto para o viajante.
  • Os cartões de crédito, por exemplo, quando usados no exterior, além do IOF correspondente a 6,38% do total de cada transação, não dão ao viajante um valor fechado do quanto eles irão gastar com as suas compras. Isso porque a cotação que é usada para converter os valores é a do dia do fechamento do cartão, e em períodos de oscilação cambial, é praticamente um tiro no escuro prevê-la em uma data futura.
  • Os cartões de débito e pré-pago, por sua vez, cobram taxas de saque, além da cobrança do IOF, também de 6,38%, no momento de cada compra ou no depósito dos créditos, respectivamente.

Por outro lado, quando você compra o dólar turismo no Brasil, a cobrança do IOF é de 0,38% em cima do valor total, e uma vez com a moeda em mãos, não precisa mais se preocupar com outras taxas e conversões durante a viagem, o que ajuda, e muito, no planejamento dos gastos.

Faça um levantamento das melhores taxas de câmbio

O que aparentemente parece uma grande praticidade, a compra do dólar turismo em uma casa de câmbio perto do seu trabalho ou casa, pode ser uma grande inimiga na hora de fazer o planejamento financeiro da sua viagem para o exterior.

Isso porque o câmbio no Brasil não é fixado pelo governo, logo, as taxas são negociadas de forma livre. Portanto, quando se trata de compra de dólar turismo, é essencial fazer uma pesquisa comparando as taxas ofertadas, para, literalmente, não perder dinheiro, ainda mais em períodos de crise econômica, como o que estamos vivendo atualmente.

Nesse sentido, sites comparativos de taxa de câmbio, como o Cambiar, são uma excelente forma de cotar as ofertas, e fechar negócio com a certeza das melhores cotações para a compra do dólar turismo, já que as negociações são feitas diretamente com Bancos de Câmbio e Instituições Financeiras operadas por eles.

Compre dólar turismo aos poucos

Como o cenário é de instabilidade, a oscilação do dólar também pode ser significativa em curtos espaços de tempo, por isso, uma medida cautelosa é, após planejar a viagem e ter um orçamento para os gastos no exterior, comprar a moeda aos poucos.

Se no momento de uma das transações a cotação não estiver tão favorável para a compra do dólar turismo, em outro, quando a moeda apresentar uma queda, o valor gasto a mais poderá ser compensado.

Dividir em etapas a compra do dólar turismo é a forma mais preventiva para não ter prejuízos, principalmente se você precisa trocar um alto valor para os gastos da viagem.