cotaçao euro eleiçao francesa

Como a eleição na França pode afetar a cotação do euro e da libra esterlina

Câmbio de Moedas Euro Câmbio Turismo Libra Câmbio Turismo Turismo

O segundo turno da eleição presidencial francesa acontece no próximo domingo e como o que está em jogo vai além das fronteiras do país, quem está pensando em comprar euro deve ficar atento aos resultados.

Em junho do ano passado, quando a população britânica optou pela saída da União Europeia em um referendo nacional, as bolsas de valores tanto da Inglaterra como em toda Europa e também nos países asiáticos demoraram a reagir. A libra esterlina inglesa sofreu uma queda vertiginosa nas primeiras horas e ainda não se recuperou completamente.

O Euro, por sua vez, também sofreu o impacto. Visto como evidência da instabilidade do bloco econômico, o chamado Brexit afetou negativamente também a moeda europeia. Isso aconteceu em um contexto em que a UE já vinha de um período de dúvidas por conta de crises políticas e financeiras recentes como a da Grécia, em 2014.

Investidores precisam ficar atentos a mais um possível impacto na cotação do euro nos próximos dias.

Se existe alguma certeza é a de que qualquer um dos resultados do próximo domingo vai ter um efeito direto na economia europeia e no mercado de câmbio, mas não dá para apostar o que de fato pode acontecer. A França, afinal, muito mais que a Inglaterra, é um dos alicerces da União Europeia e os dois candidatos têm visões diametralmente opostas ao bloco.

eleiçao frança cotaçao euro

Uma vitória de Marine Le Pen deve abalar bastante o euro, mas pode aliviar a libra esterlina em contrapartida

Marine Le Pen é a candidata da Frente Nacional, partido conservador de extrema direita cuja liderança desde sua fundação na década de 1970 era de seu pai, Jean-Marie Le Pen. Em 2012, ela assumiu como líder do partido e em 2015, expulsou o pai por divergências internas. Ela é considerada uma candidata com ideias similares a, por exemplo, o presidente dos EUA, Donald Trump.

Além de defender uma visão conservadora acerca de aspectos sociais, políticos e econômicos, ela também defende um posicionamento protecionista da França em relação a esses mesmos aspectos. Ela já se declarou favorável à saída do país da União Europeia, mas prometeu em campanha a realização de um referendo popular, similar ao Brexit.

Caso seja eleita, mesmo antes do referendo, é seguro afirmar que o euro pode acabar perdendo valor devido ao receio por parte dos investidores, de acordo com analistas econômicos entrevistados pelos jornais The Guardian e Bloomberg. Neste caso, a libra esterlina, que passa por um mal momento, pode ser vista como alternativa e se fortalecer a partir disso.

Se Macron vencer, o euro pode reagir positivamente, mas isso não necessariamente é garantia de estabilidade

Ex-ministro de economia do governo do socialista François Hollande (atual presidente francês), Emmanuel Macron tem uma carreira como banqueiro e foi do partido socialista até 2009, mas agora concorre como candidato independente. Por mais que seja um opositor de Marine Le Pen, não é considerado de esquerda, mas sim de centro. Mesmo que defenda a União Europeia, por exemplo, ele também é a favor de uma ideologia econômica liberal.

Esse equilíbrio, contudo, que pode atrair eleitores de direita mas que não necessariamente apoiem as ideologias da Frente Nacional de Le Pen, acaba afastando parte da esquerda francesa, que vê em Macron mais um candidato conservador.  Essa dinâmica pode fazer com que menos eleitores decidam ir às urnas. Algo similar ao que aconteceu na eleição de Donald Trump, que se fortaleceu porque muitos de seus opositores não necessariamente defendiam as ideias de Hillary Clinton. Vale ressaltar que, na França assim como nos EUA, o voto é facultativo, e por isso a falta de bons candidatos pode afetar o comparecimento.

Ainda assim, existem evidências de que uma vitória de Macron pode fortalecer o euro. De acordo com análise do Pound Sterlin Live, site especializado em finanças e câmbio, a alta de 0,3% no valor do euro após um debate em que o candidato se saiu bem é sinal de que uma vitória do mesmo poderia ter um efeito positivo para a economia do bloco, incluindo a alta das cotações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *