Vai viajar para a Disney? Veja nossas dicas e troque sua moeda aqui!

Anúncio do parque da Disney em uma rua.

Confira as melhores dicas para conhecer o parque de diversões mais famoso do mundo

Quando se fala sobre parques de diversão internacionais, é quase imediato pensar em viajar para a Disney e conhecer aquele lugar sensacional, que não à toa é o mais famoso e visitado de todo o mundo.

De acordo com o portal Statista, o Magic Kingdom, parque da Disney na Flórida, EUA, recebeu 20,45 milhões de visitantes em 2017, o que corresponde a, em média, mais de 56.000 pessoas por dia, público capaz de lotar a Arena do Grêmio, em Porto Alegre, um dos maiores estádios de futebol do Brasil.

Se você estará entre os próximos visitantes deste parque incrível, algumas dicas e sugestões podem te ajudar a ter uma experiência ainda melhor. Saiba o que fazer para aproveitar ao máximo o passeio ao Reino Mágico da Disney!

Melhores dicas para viajar para a Disney

As recomendações estão separadas por assunto. Assim, você poderá ter uma viagem melhor sob todos os aspectos!

Compra de dólares

O Magic Kingdom e os demais parques de Orlando ficam nos Estados Unidos e, portanto, o dólar é a moeda utilizada ali. O ideal é que essa troca seja feita enquanto você está no Brasil para já sair preparado.

Ao passar pela imigração dos Estados Unidos, é importante comprovar que você tem dinheiro suficiente para se manter lá, o que faz com que a compra de dólares aqui no Brasil seja ainda mais importante.

Antes de comprar, pesquise a cotação da moeda e veja quais casas de câmbio cobram as taxas mais baratas. Assim, você poderá gastar a mesma quantia e ter alguns dólares de sobra para um lanche ou souvenir ao viajar para a Disney.

Ingressos

Para entrar nos 6 parques da Disney (4 temáticos e 2 aquáticos), é preciso ter os ingressos, e uma dúvida comum é saber se eles devem ser comprados aqui no Brasil ou no próprio parque.

A melhor recomendação para quem vai viajar para a Disney é comprá-los com antecedência no Brasil. Antigamente, era possível fazer isso através do site oficial, mas hoje em dia, a Disney repassa os ingressos para revendedores autorizados, que são quem você deve procurar.

Ainda existe a venda de ingressos na bilheteria dos parques, mas é mais vantajoso comprar aqui no Brasil pelos seguintes motivos:

  • Melhores preços, já que os revendedores compram grandes quantidades e, assim, podem negociar os valores;
  • Formas de pagamento privilegiadas, como valor já disponível em reais, possibilidade de parcelamento e ausência da cobrança de IOF;
  • Agilidade de recebimento, já que os vouchers podem ser enviados por e-mail e chegar de 3 a 5 dias úteis;
  • Suporte mais acessível com as revendedoras brasileiras;
  • Agendamento prévio do FastPass+, que funciona como uma reserva para evitar as filas de alguns brinquedos pelo app oficial “My Disney Experience”.

Ao receber o voucher, este geralmente é trocado na bilheteria dos parques. Já os ingressos físicos, oferecidos na forma de cartões de plástico, já vêm ativados e prontos para uso.

Outra questão que costuma criar dúvidas em quem vai viajar para a DIsney diz respeito aos tipos de ingressos, que são os seguintes:

  • Básico: ingresso válido para visitar um parque por dia. Caso você saia do parque, não pode entrar em outros e nem mesmo retornar para o que estava.
  • Hopper: como a tradução elucida, esse é um ingresso “saltador”, ou seja, com ele você pode sair e entrar quantas vezes quiser nos parques.
  • Hopper Plus: além dos benefícios do Hopper, você ainda ganha o direito de visitar os dois parques aquáticos da DIsney, bem como opções adicionais que também existem na região, como o parque da ESPN, com instalações profissionais de mais de 60 esportes.

Independentemente do tipo de ingresso, é preciso escolher por quantos dias os parques serão visitados. Quanto mais dias, menor fica o preço do ingresso por dia, o que é ideal para quem planejou viagens longas e quer ter tempo de sobra para conhecer cada detalhe.

Atrações populares

Spaceship Earth, ponto de referência no parque Epcot.

Além do Magic Kingdom, cada um dos parques possui aquelas atrações especiais e mais procuradas pelos turistas. Os destaques são:

  • Magic Kingdom: Space Mountain, The Haunted Mansion, Monster’s Inc. Laugh Floor, Big Thunder Mountain Railroad, Cinderella Castle e Pirates of the Caribbean
  • Epcot: The American Adventure, Spaceship Earth, Turtle Talk with Crush, Impressions de France, IllumiNations: Reflections of Earth
  • Disney’s Hollywood Studios: Twilight Zone Tower of Terror, MuppetVision 3D, Rock ‘n’ Rollercoaster Starring Aerosmith, Fantasmic, Star Tours: The Adventures Continue, Walt Disney Presents…
  • Disney’s Animal Kingdom: Kilimanjaro Safaris: Daytime, Avatar Flight of Passage, Expedition Everest, Festival of the Lion King, Finding Nemo: The Musical, Maharajah Jungle Trek, Tree of Life Awakenings
  • Typhoon Lagoon (aquático): Crush ‘N’ Gusher, Miss Adventure Falls, Mayday Falls, Humunga Kowabunga, Surf Pool
  • Blizzard Beach (aquático): Cross Country Creek, Teamboat Springs, Runoff Rapids, Downhill Double Dipper, Summit Plummet and the Slush Gusher, Chairlift

Alimentação

Comer nos parques da Disney é um pouco caro, já que essa é uma alternativa em que eles conseguem obter um bom lucro, o que por sua vez resulta em um preço mais elevado para os clientes.

Pratos simples, para refeições rápidas, facilmente custam US$ 10, enquanto experiências rebuscadas, como refeições especiais com o Ursinho Pooh e a Ariel, podem custar mais de US$ 50.

Por isso, o ideal é levar alguns lanches e guloseimas para o parque, mas nada tão pesado ou volumoso a ponto de prejudicar a experiência. Assim, será possível recorrer a apenas algumas refeições no parque, o que ajuda a economizar.

Faça uma viagem incrível para a Disney!

Castelo da Cinderela, no parque da Disney.

Objetos de desejo de crianças, adolescentes e adultos de todo o mundo, os parques da Disney em Orlando são experiências únicas, onde é possível ver, brincar e vivenciar os filmes e animações que fizeram parte da vida de muita gente.

Para começar a viagem com economia, não se esqueça de comprar dólar no Brasil, bem como os ingressos para os parques que melhor se adequarem ao que procura. Assim, viajar para a Disney será ainda mais maravilhoso do que você pode imaginar!

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *