Sobrou dólar? Aprenda como vender dinheiro

Pessoa contando dólares, simbolizando o interesse de vender dinheiro.

Veja o que fazer para vender os dólares que sobraram da sua viagem com praticidade e segurança

Diz o ditado popular que é melhor prevenir do que remediar, seguido por boa parte dos turistas para os Estados Unidos, que levam dinheiro de sobra para qualquer eventualidade. Se você está neste grupo, saiba que é possível vender dinheiro e sair beneficiado na transação.

Como os dólares praticamente não poderão ser usados aqui no Brasil, a menos que você vá fazer outra viagem para solo norte-americano ou estrangeiro dentro de pouco tempo, recomenda-se trocar a moeda por reais.

Veja como isso pode ser feito, quais são as vantagens e como escolher uma empresa confiável para trocar seus dólares por reais.

Como vender dinheiro?

É simples: basta contar com a ajuda de uma casa de câmbio para trocar suas notas e moedas de dólares por reais e utilizar o dinheiro da forma que quiser, sem qualquer tipo de restrição.

O processo realizado será o oposto da compra de dólares: você procurará uma casa de câmbio, levará os dólares que tem e, então, os trocará para a moeda oficial do Brasil.

A teoria é simples, mas existem algumas dúvidas comuns que devem ser respondidas para que você consiga valorizar o seu dinheiro e, assim, receber o maior montante possível em reais.

Principais dúvidas sobre a venda de dólares

Rostos das notas de dólar e real, um ao lado do outro.

Ao ter as respostas certas, você conseguirá vender dinheiro da maneira mais vantajosa possível!

Sempre vale a pena vender dólares?

Vender dinheiro norte-americano para comprar reais costuma ser a melhor alternativa para quem veio dos Estados Unidos com dólares de sobra, salvo raras exceções.

Se você pretende fazer outra viagem em breve para os Estados Unidos, pode valer a pena manter as notas e moedas consigo, o que evita uma etapa burocrática e facilita a organização do seu passeio.

No caso de viagens para outros países que não os Estados Unidos, também pode valer a pena manter os dólares e trocar quando chegar lá, dada a força e valorização mundial apresentada por essa moeda.

Cabe uma ressalva: caso as notas sejam atualizadas pela Casa da Moeda norte-americana, o modelo antigo deixa de ser aceito em outros países que não os Estados Unidos. Logo, se estiver guardando as notas e se deparar com alguma notícia do tipo, é melhor vendê-los logo.

Salvo essas exceções, vender os dólares e ficar com o dinheiro em reais é a opção indicada.

Onde vender dólar no Brasil?

Vender dinheiro norte-americano é uma tarefa simples, já que ele é um dos mais valorizados e conhecidos do mundo, mas é importante comparar as diferentes casas de câmbio.

Assim como acontece com a compra de dólares, existe o câmbio para a venda, valor que varia de acordo com o estabelecimento que você escolher e pode te fazer conseguir mais reais com a mesma quantidade de dólares.

Por exemplo, se você quiser vender US$ 500, é possível obter R$ 1.852 ou R$ 1.830, uma diferença de R$ 22 ou 1,19%. Se a quantia em dólares for maior, a diferença será ainda mais considerável.

Por isso, é fundamental se atentar ao câmbio praticado por cada casa, de modo que a valorização dos seus dólares seja a maior possível.

Existe um momento melhor para vender dinheiro?

Sim. Além das taxas de câmbio cobradas pelo estabelecimento, existe a variação do dólar em relação ao real, que pode fazer seu dinheiro valer ainda mais.

No dia 26/01/2018, a cotação do dólar turismo estava em R$ 3,27. Já no dia 04/09/2018, ou seja, pouco mais de 8 meses depois, a cotação saltou para R$ 4,38, em uma valorização de 33,94%, desejável até mesmo em investimentos.

É possível acompanhar a flutuação do dólar para vender dinheiro no momento mais propício possível. Na situação anterior, fora as taxas, vender US$ 500 em 26/01/2018 resultaria em R$ 1.635, valor que subiria para R$ 2.190 em 04/09/2018, ou seja, uma diferença de R$ 555.

Se você comprou dólar quando a moeda estava desvalorizada, as chances de lucrar são maiores ainda, já que o momento da compra foi o ideal. Se a cotação estava na média, então pode valer a pena esperar um pouco mais para conseguir uma boa taxa de câmbio.

Uma dica importante é ficar ligado nos noticiários e acompanhar de perto a variação do dólar. Certos acontecimentos pode fazer o valor do dólar disparar ou despencar, e se antecipar a essa movimentação é recomendável para fazer a melhor troca possível.

Como escolher uma casa de câmbio confiável?

Os fatores que se destacam são os seguintes:

  • Tempo de atuação: casas de câmbio experientes já atuam há mais tempo no mercado, o que é uma prova consolidada de seu sucesso e seriedade. Por isso, prefira estabelecimentos tradicionais e confiáveis.

  • Taxa de câmbio: entre empresas confiáveis, sempre procure pela melhor taxa de câmbio possível. Ainda que seja pequena, a diferença fará com que você dê o valor devido ao seu dinheiro.

  • Localização: estabelecimentos que fiquem perto de sua casa ou local de trabalho facilitam a logística. Para destinos mais distantes, alguns estabelecimentos oferecem o serviço de delivery, que evita que você tenha que andar com o dinheiro em espécie.

Vender dinheiro é a opção ideal para ser beneficiado!

Notas de dólar sendo guardadas na carteira por alguém interessado em saber como vender dólares.

Guardar o dinheiro é válido em ocasiões específicas, mas, via de regra, vender os dólares e trocá-los por reais é a melhor decisão para que você consiga complementar seu orçamento depois de voltar da viagem.

Dada a praticidade encontrada na transação, você tem tudo o que precisa para poder vender o dinheiro e valorizá-lo como ele merece, seja qual for a quantia que tenha sobrado.

Assim como foi feito ao comprar dólar, acompanhe a cotação da moeda, analise qual é o momento mais propício e compare as taxas de câmbio. Assim, a decisão de vender dinheiro trará os melhores resultados possíveis!

Leia também

Cotação Câmbio Turismo

Cotação Câmbio Turismo

O site Cambiar.com.br apresenta a cotação do câmbio turismo das maiores instituições financeiras atuantes no mercado de câmbio varejo do país. Acesse e […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *