Baixa da cotação do dólar indica movimento de compra

cotaçao dolar hoje
5 (100%) 5 votes

Para quem vai viajar nos próximos meses, é hora de aproveitar a boa cotação do dólar hoje e comprar a moeda.

Uma preocupação de quem vai fazer uma viagem para o exterior, é a cotação da moeda do país de destino. Ainda mais neste período em que a economia e a política mundial tão instáveis causam tanta interferência no mercado de câmbio. Com tudo isso, é indispensável acompanhar a cotação da moeda estrangeira para garantir um bom preço na compra. Afinal, qualquer centavo faz diferença no montante final.

Cenário mundial influencia na cotação do dólar

Depois de tantos acontecimentos políticos e econômicos, tanto no Brasil como no exterior, influenciando o mercado de câmbio, nas últimas semanas, a cotação do dólar sofreu uma queda frente ao Real e aparentemente se estabilizou em um patamar pré delação da JBS. Depois de fechar ontem (08/08/17) a R$ 3,12, a cotação do dólar hoje permanece estável.

Apesar do cenário econômico brasileiro ter melhorado um pouco nas últimas semanas e, mesmo com a rejeição da denúncia contra o Presidente Temer na Câmara dos Deputados, a situação política ainda é instável no país. O que muitas pessoas não entendem é como o valor do dólar tem se mantido baixo.

Ocorre que câmbio é uma operação de troca de moda entre dois países. Com tantos fatores internos e externos dos países envolvidos nessa troca influenciando as cotações das moedas envolvidas, não há um consenso sobre a tendência da cotação do dólar nos próximos meses.

Projeções indicam baixa na cotação do dólar para os próximos meses

Um desses fatores é a inflação e a dúvida sobre uma possível terceira elevação das taxas de juros este ano pelo Fed, o banco central norteamericano. Outra razão para esse cenário é que o presidente Donald Trump não consegue cumprir suas promessas ajustes fiscais e investimentos para renovar a infraestrutura do país.

Com isso, analistas preveem que o dólar, que já está valendo menos nos últimos cinco meses, deverá se manter em baixa até o fim do ano.

comprar dolar hoje

Com este cenário, devo comprar dólar hoje?

Para responder esta pergunta é preciso analisar as cotações e tendências atuais e também a médio e longo prazo.

Uma prova que a cotação do dólar a R$ 3,12 está baixa é a projeção da moeda para fim de 2017, que segundo o relatório de mercado Focus, divulgado na segunda-feira, dia 7, é de R$ 3,25. Em relação ao próximo ano, a projeção dos economistas é que o câmbio do dólar esteja valendo R$ 3,40 no fim de 2018.

Para Leonardo Abrão Filho, diretor e idealizador do site de cotações de câmbio Cambiar, o mercado está apostando em uma alta dos juros só para o ano que vem e isso vem mantendo a cotação da moeda norteamericana sob controle. “Mas isso pode mudar a qualquer momento com a divulgação da taxa de inflação nos próximos dias”, completa Abrão.

A possibilidade de aumento da inflação nos Estados Unidos devido à correção dos salários e o mau desempenho da moeda podem causar uma reversão não esperada na política monetária. Para muitos, se os dados de inflação surpreenderem, isso poderá levar a uma antecipação do aumento da taxa de juros, o que levaria também a uma pressão de alta do dólar.

Apesar da boa cotação do dolar hoje, os especialistas sempre recomendam a compra de dólar para a viagem em datas diferentes — parte agora para aproveitar o movimento de baixa e o restante aos poucos até a data da viagem, no sentido de minimizar riscos aproveitando oscilações das cotações. Para isso, o turista ou investidor deve estar sempre atento e acompanhar o noticiário e procurar a melhor cotação oferecida pelas casas de câmbio.

Com cartão pré-pago também é possível aproveitar a boa cotação do dólar hoje

Outra boa opção para quem está indo para o exterior e quer aproveitar a boa cotação do dolar, sem correr riscos de roubo e perda, é levar parte do dinheiro em um cartão pré-pago. Carregando o seu cartão antecipadamente é possível aproveitar o bom valor do câmbio e controlar o extrato de gastos online, e você não precisa ficar armazenando dinheiro em espécie muito tempo antes da viagem. Mesmo com uma diferença de pouco mais de 5% entre o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) cobrado nas recargas de cartões pré-pagos que é de 6,38% e a taxa para a compra da moeda em espécie que é de 1,10%, a segurança oferecida por esta modalidade vale a pena.  É possível encontrar cartões de débito de várias bandeiras que podem ser solicitados em casas de câmbio, por telefone ou diretamente no site Cambiar.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *