Valor do Euro e promoções são algumas razões para viajar para Itália no inverno

inverno na italia
Rate this post

Aproveite a estação mais fria e a boa cotação do euro para desfrutar das melhores paisagens que o país pode oferecer em meio à neve.

Se você gosta de frio, a Itália é um bom lugar para viajar nos próximos meses. O ideal, claro, é evitar o período de festas de Natal e Réveillon, quando o movimento é um pouco maior, devido as férias escolares de 15 dias. Mas de uma forma geral, com menos turistas viajando, durante o inverno a “muvuca” é menor, não tem filas nos museus, menos movimento nas lojas, estações de trem e aeroportos mais tranquilos.

O inverno na Itália não é tão rigoroso se comparado a outros países europeus, mesmo assim faz mais frio que no Brasil. No pico da estação, a temperatura fica em torno de zero a três graus.

Os meses de janeiro e fevereiro são propícios para conhecer os vilarejos e montanhas nos Alpes e Apeninos, que reservam belas paisagens para quem gosta de neve. Quem gosta de fotografia, pode preparar a câmera. Sem contar que é possível desfrutar de muita diversão nas estações de esqui e se aventurar nos esportes de inverno como esqui e snowboarding.

Mas se você vai viajar ainda em dezembro para passar o Natal e Ano Novo em meio à estação charmosa, saiba que a beleza das cidades é ainda maior nessa época, quando não economizam na decoração com luzes, e muitos enfeites nas ruas, praças, pontes, monumentos e casas.

É claro que sempre existem os pontos negativos. Além do frio, no inverno os dias são mais curtos e há menos luz natural para aproveitar passeios ao ar livre. Por isso, é importante se programar para conhecer e curtir espaços fechados.

Baixa temporada na Itália é sinônimo de melhores preços

As temperaturas mais baixas indicam época de baixa temporada na Europa, quando companhias aéreas, hotéis e outras empresas trabalham com preços promocionais para incentivar o turismo.
Neste período, os preços dos hotéis e das passagens (tanto de trem como de avião) são muito inferiores que no resto do ano, o que, mesmo com a cotação do Euro mais baixa, permite economizar ou fazer mais passeios, sem gastar muito.

trem italia

Que moeda levar para a Itália? Só o Euro?

Uma das principais dúvidas de quem vai viajar à Itália é sobre a moeda mais indicada para lavar. O país, bem como a maioria dos demais países da Europa, tem o euro como moeda oficial. No Brasil, o euro pode ser comprado facilmente, em casas de câmbio de confiáveis e com bons preços. O ideal é levar de 500 a 1.000 euros em moeda.

Levar dinheiro em espécie facilita o pagamento de despesas pequenas como táxi, lanches e outros, sem contar que não há a necessidade de pagar com IOF, como no caso de compras com cartões de crédito e pré-pagos.

Além do euro, há outros meios de pagamento aceitos em Itália, porém menos vantajosos como o dólar americano, que apesar de ser aceito em praticamente todo mundo, tem cotação menor, cartão de crédito, cartão de débito e cartão pré-pago. O cartão de crédito se torna viável para compras mais caras, que ultrapassem o valor em espécie que foi programado para a viagem. Assim você acumula milhas e não precisar viajar com tanto dinheiro em espécie.

Cotação do euro

O euro comercial está operando nesta sexta-feira (9/12) em R$ 3,55. Já o euro turismo pode variar de acordo com a cidade, em São Paulo, por exemplo, pode ser adquirido localmente por R$ 3,71, podendo chegar a mais de R$ 3,80. Para garantir sua viagem, pesquise e negocie com diferentes casas de câmbio para conseguir o melhor preço. Faça as malas e aproveite o passeio.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *